Volume
Rádio Offline
“Minha irmã falou: ‘Anestesista abusou de você’”, conta vítima
14/08/2022 18:56 em Novidades

A mulher que foi estuprada pelo anestesista Giovanni Quintella Bezerra, de 31 anos, enquanto dava à luz no Hospital da Mulher, de São João de Meriti (RJ), relatou que foi informada sobre o ocorrido por meio de sua irmã. Em entrevista ao Fantástico, que irá ao ar na Rede Globo neste domingo (14), ela contará como recebeu a notícia.

– Minha irmã falou: “O anestesista abusou de você” – disse.   Giovanni está preso desde o dia 10 de julho. No dia 11, a prisão em flagrante foi convertida em preventiva, durante audiência de custódia na Cadeia Pública José Frederico Marques, em Benfica. Atualmente, o médico está detido na Cadeia Pública Pedrolino Werling de Oliveira, também conhecida como Bangu 8, no Complexo de Gericinó, na Zona Oeste do Rio.

Giovanni foi flagrado por um vídeo registrado por um grupo de enfermeiras, que desconfiaram de comportamentos suspeitos e puseram um celular escondido na sala de cirurgia para gravar a atuação do médico. No registro, o anestesista aparece introduzindo o órgão sexual na boca de uma paciente desacordada enquanto ela dava à luz.

No dia 19, o médico foi indiciado pela Polícia Civil por estupro de vulnerável, em caso conduzido pela Delegacia de Atendimento à Mulher (Deam) de São João de Meriti. O Ministério Público estadual aceitou o indiciamento e o denunciou à Justiça, que por sua vez o tornou réu. A decisão é do juiz Luís Gustavo Vasques, da 2ª Vara Criminal de São João de Meriti, do Tribunal de Justiça do Rio. 

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!